Kepler em foco

Produção de grãos no Brasil bate novo recorde

01

A produção agrícola no Brasil cresce ano após ano. De acordo com o terceiro levantamento da safra de grãos realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), o Brasil deve colher uma produção recorde de 238,4 milhões de toneladas. Um aumento de 10,6 milhões de toneladas em relação à safra passada. Os principais produtos responsáveis pelos números são soja, milho, arroz e algodão, que juntos correspondem a 95% da produção total, sendo as maiores culturas do país.

Ainda de acordo com a Conab, a área plantada pelos produtores de grãos brasileiros ficou estimada em 62,48 milhões de hectares, perspectiva que mostra um aumento de 1,2% em relação à temporada passada, que havia sido estimada em 61,73 milhões de hectares. A explicação seria o aumento nas áreas de algodão e soja. Além disso, a produção de grãos no Brasil também contou com a ajuda das condições climáticas favoráveis.

Conforme analisou o levantamento da Conab, o período chuvoso de novembro foi positivo tanto para as culturas de inverno, que estavam no estágio final do seu ciclo, quanto para as culturas de verão, que estavam na fase de plantio, desenvolvimento vegetativo ou estágio reprodutivo. Além disso, as chuvas de outubro e novembro foram fundamentais para o início do processo de recuperação dos níveis dos reservatórios de abastecimento de água e geração de energia.

02

Produção de soja é destaque nacional

Assim como em outros anos, a produção de soja no Brasil segue em uma contínua tendência de crescimento de área plantada. No Brasil, as expectativas para a temporada 2018/2019 é de que o grão atinja uma marca 1,8% maior em relação à safra passada, correspondendo ao plantio de 35,78 milhões de hectares. Além disso, a produção brasileira deste ano deve atingir 120,1 milhões de toneladas.

Os dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) apontam que a safra mundial de grãos de soja deve ser a maior da história: 367 milhões de toneladas. Dessa produção, o Brasil detém 120 milhões e fica atrás apenas dos Estados Unidos, que conta com 124 milhões de toneladas colhidas. A expectativa do mercado nacional para a produção de soja é de que em 2019 os agricultores brasileiros aumentem a área de plantio do grão nos principais estados brasileiros.

Apesar da produção brasileira ficar atrás da americana, o Brasil ainda é o maior exportador de soja do mundo, com 75 milhões de toneladas da oleaginosa exportados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *