Armazenagem e Cia

Frete inflacionado? Hora de armazenar!

13-07_ThumbBlog

No dia 11 de julho, deputados e senadores aprovaram a Medida Provisória que permite o estabelecimento de preços mínimos para os fretes rodoviários. O texto determina que os valores devem refletir os custos operacionais do transporte e serem divulgados a partir da regulamentação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), incluindo custos referentes ao óleo diesel e aos pedágios.

Assim, a ANTT deverá publicar a nova planilha sempre que acontecer oscilação em mais de 10% no preço do óleo diesel no mercado nacional. Além disso, o texto aprovado prevê que os preços mínimos para o frete tenham natureza vinculativa e, se desrespeitados, podem ocasionar a indenização do infrator.

Two white trucks driving on the road at sunset.

O fato da nova Medida Provisória ter passado pelo cunho de deputados e senadores agrava ainda mais um problema que já faz parte da rotina de muitos produtores agrícolas brasileiros: a inflação e altos preços em relação ao frete rodoviário durante a colheita das grandes safras.

Diante das possíveis mudanças, alguns produtores já estão pensando em um plano B, como discutir a alternativa de investir em frota própria de caminhões. Mas será que investir na armazenagem dos grãos não pode ser mais vantajoso (levando em consideração todos os seus benefícios em relação à cadeia de produção dos grãos)?

Vantagens da armazenagem para a sua produção

DJI_0054

Nós já sabemos que o déficit de armazenagem de grãos é uma realidade que insiste em fazer parte do cenário brasileiro, conforme te contamos neste post. Uma vez que o Brasil atinge a cada ano novos recordes de produção, fica clara a demanda cada vez maior de caminhões, inflacionando o preço do frete rodoviário.

Assim, precisamos reconhecer: a armazenagem é um dos principais itens da logística de escoamento de safra e representa o ganho financeiro do produtor rural e aumento da sua renda na lavoura. Além disso, investir em armazenagem garante maior valorização do grão e possibilita a melhor administração do seu negócio, dando mais liberdade de escolha ao proprietário para escolher o momento ideal para a venda e escoamento da sua colheita.

Mas você sabia que uma das grandes vantagens da armazenagem está em possibilitar a redução de custos com relação a frete e transporte? Como já falamos: o escoamento no Brasil é feito, principalmente, pelo meio rodoviário, e o frete tem o preço inflacionado durante a safra no período da colheita. Agora, imagine esse preço inflacionado com o preço mínimo estabelecido pela nova Medida Provisória?

Contar com um local de armazenagem adequado para os seus grãos permite que você analise o momento de menor valor de frete somado ao momento de maior cotação dos grãos. Isso garante a você, além da redução de custos, ganhos na valorização do produto e na sua venda.

E nós já te explicamos sobre as vantagens da armazenagem neste post e neste aqui.

Fonte: Estadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *