Relatorio Sustentabilidade - page 78

78
SOBRE ESTE RELATÓRIO / MENSAGEM DO PRESIDENTE / A KEPLER WEBER SEMPRE EVOLUI
/ GERANDO MAIS VALOR / MELHORANDO A ORGANIZAÇÃO
/ RESULTADOS
RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE
2016
Método de disposição – unidade de Campo
Grande
Resíduos perigosos CLASSE I
Resíduos não perigosos CLASSE IIA - CLASSE IIB
Kg
Tipo de resíduo
Kg
Tipo de resíduo
Coprocessamento
71.824,00
Pó de granalha, EPIs contaminados, plásticos, papéis,
bombonas 20 L, tambores metálicos 200 L, eletrônicos
Tratamento
1.300,00 L
Óleo usado
86 unidades
Lâmpadas
Aterro
27.990,00
Orgânico, resíduos sanitários
Reciclagem
1.340.879,00
Sucata de aço
Plástico e papéis
Reaproveitamento
65.090,00
Madeira
Custos de disposição de resíduos, tratamento de emissões e de remediação (R$) – unidade de Panambi
2016
2015
2014
Tratamento e disposição de resíduos
117.677,00
174.000,00
228.000,00
Tratamento de emissões (por exemplo: gastos com filtros, agentes)
11.576,00
171.280,00
284.000,00
Gastos com equipamentos, manutenção e materiais e serviços operacionais, além de despesas com pessoal para esse fim¹
291.926,00
-
-
Custos de limpeza, inclusive custos com remediação de vazamentos¹
367.567,56
-
-
Custos de prevenção e gestão ambiental²
-
76.880,00
11.600,00
Total
788.746,56
422.160,00
523.600,00
1. A companhia não monitorava essas informações nos anos anteriores. Eram considerados como custos de prevenção e gestão ambiental.
2. A companhia passou a separar os investimentos de custos de prevenção e gestão ambiental para gastos com equipamentos, manutenção e materiais e serviços operacionais, além de despesas com pessoal
para esse fim e, custos de limpeza, inclusive custos com remediação de vazamentos.
TOTAL DE INVESTIMENTOS E GASTOS COMPROTEÇÃO AMBIENTAL, DISCRIMINADO POR TIPO
GRI G4-EN31
ANEXO GRI
1...,68,69,70,71,72,73,74,75,76,77 79,80,81,82,83,84,85,86,87
Powered by FlippingBook